Cuidados com a saúde bucal são essenciais na Gravidez

A gestação não é causa de qualquer problema bucal, mas o fato é que, de uma maneira geral, a gestante fica com o organismo mais vulnerável devido às alterações hormonais. E isso, é claro, vale também para a saúde bucal. 

O aumento da produção de alguns hormônios pode facilitar o surgimento ou agravar situações como a hiposalivação (baixa produção de saliva), facilidade de desenvolvimento de gengivite e enjoos que dificultam a higiene bucal. Essas alterações podem aumentar a incidência de cárie e o desenvolvimento de doença periodontal.

Para evitar estes problemas, a gestante deve manter os devidos cuidados com a sua saúde bucal e visitar regularmente o dentista durante a gravidez. 

Prematuros

Entre os problemas bucais que podem interferir na gravidez, a periodontite (processo inflamatório crônico de todos os tecidos localizados ao redor dos dentes) se destaca por poder provocar até mesmo o nascimento prematuro do bebê. Isso pode ocorrer quando os microorganismos presentes na placa bacteriana migram para a corrente sanguínea ocasionando a liberação de prostaglandinas (ácidos graxos com atividade hormonal), favorecendo antecipação do parto. 

Cuidados redobrados 

Para evitar problemas, a mulher grávida deve ter cuidado redobrado com a saúde bucal: escovação cuidadosa após as refeições, uso diário de fio dental e enxágue com solução fluoretada. É muito importante ficar atenta a eventuais sangramentos, pois eles são indicativos da existência de problemas. E, claro, não deixar de visitar o dentista, que vai poder orientar sobre procedimentos adequados para grávidas. Hoje, já se dispõe de procedimentos e medicamentos (como as anestesias, por exemplo) seguros para gestantes.

A gravidez, definitivamente, não é motivo para deixar de visitar o dentista. Ao contrário, torna as visitas ainda mais necessárias.

Cuidados com a saúde bucal são essenciais na Gravidez
Rolar para o topo
WhatsApp chat